Livro: Tocando o Vazio – Joe Simpson

Quando ouvi falar sobre esse livro, imediatamente me despertou o desejo de conhecer a história mais de perto. Afinal, envolve valores como amizade, coragem, determinação e ainda se trata de um acontecimento aqui, no “nosso”Andes!
Já acostumado a relatos de escaladas em alta montanha e acidentes relacionados à altitude e o frio, esse livro me chamou atenção por ser numa montanha andina localizada no Peru, e por envolver uma decisão praticamente inédita, a escolha entre se salvar, ou morrer com o amigo.
Para quem ainda não leu outros livros de relatos de ascensões de montanhas, esse é um belo exemplar para mergulhar nesse mundo. Por ser um livro um pouco mais técnico, trás um glossário. O que ajuda e muito na leitura! E te faz se sentir ainda mais próximo da situação contada no livro.
A tragédia dessa escalada, assim como de outras, aconteceu por uma sucessão de erros. A rota era mais difícil que imaginavam, acabou a água, ficou mais frio, acabou a comida e os escaladores começaram a perder sensibilidade.
Joe, um dos dois escaladores sofre um acidente após terem conquistado uma nova via de escalada. Quebra a perna e fica impossibilitado de se locomover. Utilizam uma técnica de descer a montanha escorregando, onde Simon sentado controlava a velocidade em que Joe escorregava montanha abaixo, atado à corda e à Simon.
Repetem esse procedimento até ficarem numa situação que não previam. Joe fica pendurado numa crista, e Simon, com as mãos congelando, já não mais suportando o peso de Joe, corta a corda. O que já era um drama fica ainda pior.
Após cortar a corda, Simon faz uma descida terrivelmente difícil e procura por Joe. Ao ver o tamanho da queda que Joe sofreu, e a greta em que ele caiu, Simon, sem água ou comida, segue de volta para o acampamento base. Completamente desolado, envergonhado, cansado e debilitado. Não teve dúvidas que Joe morreu.
Joe cai na greta, mas não morre! Cai sobre neve fofa e incrivelmente sobrevive a queda. Espera horas pelo socorro e quando tem a certeza que Simon imaginou que ele morreu,  e que se continuar esperando morreria, resolve se salvar sozinho.
A partir de então a história é mais agoniante e sombria. Por dias Joe se arrasta como pode, com a perna quebrada em várias partes, sem água, comida e equipamentos suficientes. Chega ao acampamento base parecendo uma assombração, um morto vivo; quebrado, cagado e esfomeado. É resgatado por Simon e sobrevive.
Uma história fascinante e real! Em que uma decisão extremamente difícil teve de ser tomada, e foi considerada a melhor, por ambos escaladores. Na época do lançamento do livro, toda a comunidade mundial não falava outra coisa, se não a ética, respeito e companheirismo nas escaladas.
Definitivamente não precisa gostar, praticar ou já ter lido outro livro sobre montanhismo para se render a essa leitura encorajadora e envolvente.
blogger_blog:
www.mochilandosemfronteiras.com
blogger_author:
Glauco
blogger_permalink:
/2013/05/tocando-o-vazio-joe-simpson.html
blogger_internal:
/feeds/3390010519359174826/posts/default/1676823212838454424
custom_total_hits:
000000144

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *