Morro da Boa Vista – Hiking pelos três cumes

Com a chegada do outono, inicia-se a temporada de montanhismo aqui no sul do Brasil, onde temos clima temperado. Com o objetivo de ganhar preparo físico e nos aclimatar, eu e a minha amiga Bruna, decidimos fazer o hiking dos três cumes do Morro da Boa Vista. Essa montanha é o cartão postal de Jaraguá do Sul e é vista de praticamente todos os pontos da cidade. É uma montanha de cume triplo, sendo eles o Morro das Antenas que possui 896 m, que tem acesso para veículos com tração 4×4. Depois vem o Morro do Meio (824 m) e então o Pico Jaraguá (926 m), que é o menos acessível.
Saímos antes do sol nascer e chegamos com o carro até a Igreja Chiesetta Alpina (520 m), a partir deste ponto, iniciamos a caminhada. O clima estava frio e com nebulosidade, típico dessa época do ano. Após 50 min de caminhada chegamos ao primeiro cume, o Morro das Antenas. Havia um número considerável de pessoas lá em cima, que tiveram a oportunidade de ver o sol nascendo no horizonte. Estava muito bonita a vista da montanha nesta manhã. A nebulosidade diminuindo e o sol predominando, deixando o céu dourado.

Início da trilha para o Morro do Meio

Fizemos alguns registros, nos hidratamos e iniciamos a descida pelo colo que une o Morro das Antenas e o Morro do Meio. A partir desse ponto há que ter bota de trekking e habilidades para caminhar em trilha de média dificuldade. São diversos obstáculos para transpor durante essa caminhada, desnível considerável, raízes, pedras, terreno escorregadio, árvores tortuosas pelo caminho, típicas de altitude na faixa de 800~900 m.
Em um sobe e desce constante e uma floresta muito densa, caminhamos sem muita dificuldade. A vegetação é realmente especial nessa montanha. Há muitas plantas como flores, líquens nos troncos, plantas aéreas como cipós e bromélias. Um verdadeiro jardim em altitude!

Praticamente um jardim na montanha

Chegamos no topo do Morro do Meio e o sol já estava pleno. Avistamos dali os outros dois cumes e também paragliders voando, aproveitando as térmicas formadas pela evaporação da umidade da floresta. Fizemos um breve lanche, nos hidratamos e iniciamos a descida do colo que une o Morro do Meio ao imponente Pico Jaraguá.
Nesse trecho a descida até a encosta do PJ é íngreme, e logo passa a ser a subida escarpada, que é o trajeto final que dá acesso ao topo do Pico Jaraguá. Essa parte da caminhada é um pouco mais exposta, sendo à esquerda o abismo do paredão de rocha, a trilha passa sobre ele. A vegetação vai diminuindo de tamanho, passando a ser somente tortuosos arbustos varridos pelos ventos. Alguns escorregões fazem parte nessa encosta, e embora não seja longo, a inclinação é constante.

Bruna em meio a vegetação

A chegada ao cume é esplendorosa! O Pico Jaraguá tem o topo limpo, vê-se 360º de paisagem, podendo enxergar Blumenau, Barra Velha, Massaranduba, Schroeder, Corupá, Joinville, Araquari, São Francisco do Sul e até mesmo o mar! Tivemos muita sorte, o tempo estava completamente limpo, a visibilidade era gigante! Ficamos mais de uma hora fazendo nosso lanche, curtindo a vista, sentindo o vento fresco e isso tudo enquanto ainda eram apenas 9 hs da manhã de um sábado.

Cume do Pico Jaraguá

O retorno também foi tranquilo. O caminho estava mais seco, fazia um pouco de calor, nada que incomodasse. Ao chegar novamente no Morro das Antenas, ficamos vendo os paragliders decolarem, eram vários, e passavam muito tempo voando e ganhando altitude a cada nova térmica que encontravam. Havia também diversos ciclistas que se desafiaram a subir essa que é uma das dez estradas de montanha mais íngremes do Brasil. Foi um final de semana para todos os amantes da natureza desfrutarem!
Esse hiking foi apenas a abertura da temporada de montanhismo do Mochilando Sem Fronteiras, em breve postarei outras montanhas que venho fazendo trekking / hiking.
Boas trilhas!

custom_total_hits:
000000113

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *